Ontem, 10/02, foram realizadas as primeiras coletas de material biológico de várias famílias, para perícia de Investigação de Vínculo Genético (exame de DNA) de casos provenientes do Centro Judiciário de Solução de Conflitos e Cidadania (CEJUSC) de Ribeirão Preto-SP, tendo como parceiro a Universidade de Ribeirão Preto (UNAERP).

Este projeto está previsto para ser implantado nos outros 226 CEJUSCs do Estado, como resultado do convênio firmado em 2019 entre o Instituto de Medicina Social e de Criminologia de São Paulo (IMESC) e o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJSP), facilitando a vida do cidadão que antes tinha que se deslocar até a Capital para fazer esses exames.

O objetivo do convênio é a realização de perícias de DNA para as partes que declararem insuficiência de recursos para custear as despesas periciais no âmbito dos procedimentos pré-processuais dos CEJUSCs de Primeira Instância. 

As coletas ocorreram no Hospital Electro Bonini - Campus da UNAERP e estiveram presentes João Gandini, Superintendente do IMESC, Guacy Sibille Leite, Juiz Coordenador do CEJUSC de Ribeirão Preto, Sebastião Sérgio da Silveira, Promotor de Justiça e Coordenador do Curso de Direito da UNAERP, Lara Lúcia Bonini Ribeiro, Diretora Operacional do Hospital Electro Bonini, e Luiz Eugenio Scarpino Junior, Supervisor do Núcleo de Ensino Prático do Curso de Direito da UNAERP, além de profissionais da área da saúde.