- Imesc em parceria com TJSP recebe Selo de Direitos Humanos e Diversidade

A iniciativa "Facilitação do acesso à justiça pela universalização da coleta de material biológico para exames de DNA", fruto de parceria entre o Tribunal de Justiça de São Paulo, por meio do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos (Nupemec), e o Instituto de Medicina Social e de Criminologia de São Paulo (Imesc), foi premiada na 3ª Edição do Selo de Direitos Humanos e Diversidade, na categoria Criança e Adolescente. A cerimônia de entrega do prêmio ocorreu na sexta-feira (4), no Museu do Futebol, e foi transmitida pelas páginas oficiais da Secretaria Municipal de Cidadania e Direitos Humanos no YouTube e no Facebook.

A iniciativa atende várias cidades, com coleta de material biológico para perícias de investigação de vínculo genético. Os exames são utilizados em mediações pré-processuais realizadas nos Centros Judiciários de Soluções de Conflitos (Cejuscs) e é totalmente gratuito para aqueles que declararem insuficiência de recursos.

O Selo de Direitos Humanos e Diversidade é um programa da Prefeitura de São Paulo que reconhece boas práticas de inclusão, gestão da diversidade e promoção dos direitos humanos em empresas, órgãos públicos e organizações do terceiro setor. O objetivo é inspirar as organizações a aprofundarem suas iniciativas e expandi-las para outras dimensões e categorias. Elas também são incentivadas a participar de uma rede de intercâmbio e troca de experiências. A 3ª edição do programa agraciou 147 organizações em 11 diferentes categorias, como igualdade racial, LGBTI, mulheres, pessoas em situação de rua, entre outras.

Para quem não acompanhou a cerimônia ao vivo, segue o link: https://www.youtube.com/watch?v=FGFI5mRzjho

Compartilhe esta notícia: