- Imesc realiza mutirão gratuito de DNA em Santos

ATENDIMENTO JÁ FOI PRÉ-AGENDADO; SERÃO OFERTADAS 280 COLETAS PARA EXAMES DE PATERNIDADE NA QUINTA E SEXTA-FEIRA

O Instituto de Medicina Social e de Criminologia de São Paulo (Imesc), autarquia vinculada à Secretaria da Justiça e Cidadania, realiza nos próximos dias 9 e 10 de dezembro, a partir das 9h30, mutirão gratuito para 280 coletas de material para investigação de paternidade – exame de DNA, o que equivale a quase 840 pessoas que serão periciadas, porque sempre serão coletados sangue de vários membros de uma única família. O atendimento, que já foi pré-agendado, acontecerá no Fórum de Santos, localizado na Rua Marrey Júnior, s/n, região central de Santos.

No dia 9 de dezembro, as coletas acontecerão a partir das 9h30 até às 13h30, depois retornam das 14h30 às 17h. No dia 10, o atendimento começa às 9h30, e se encerra às 14h. Coleta de material para o exame será para atender a demanda de perícias reprimidas por conta da pandemia.

O mutirão servirá para contribuir para a prestação jurisdicional mais célere, cumprindo o requisito da perícia para que os processos tramitem e fiquem mais próximos da esperada decisão judicial que promete dizer o direito de cada parte envolvida no processo.

“É uma ação muito importante do Imesc. Este trabalho contribui muito para a elucidação dos fatos extrajudicialmente e diminui o sofrimento de muitos pais e das crianças principalmente”, ressaltou Fernando José da Costa, secretário da Justiça e da Cidadania do Estado de São Paulo e Superintendente do Imesc.

Uma vez um filho sendo reconhecido, seus direitos ampliam, inclusive o direito à herança e ao pagamento de pensão alimentícia. Ter o nome familiar, o resgate a dignidade, a honra, a integridade psíquica e emocional são outros exemplos que advêm da identificação da paternidade. O pai também ganha o direito relativo à paternidade, como, por exemplo, visita.

Atendimentos

O Imesc, de 2013 até a presente data já realizou 72.694 exames em todo o Estado de São Paulo. Só na cidade de Santos, neste mesmo período, foram realizadas 3.339 pericias.

Treinamentos

O Imesc conta com profissionais capacitados para treinar equipes para coleta de DNA. O procedimento é realizado pelo Núcleo de Coleta e Controle de Qualidade – NCCQ do Instituto. Os profissionais já capacitaram centenas de pessoas das áreas de saúde pública das cidades de Américo Brasiliense, Araçatuba, Bauru, Campinas, Catanduva, Louveira, Ribeirão Preto, Dracena, Marília, Piracicaba, Registro, São José do Rio Preto, Santos, Santo André, Sorocaba, Taubaté, Tietê, Votuporanga e Taquarituba.

Parceiros

Atualmente o Imesc mantém parceria em todo o Estado para coleta de DNA, são eles: Hospital Estadual de Américo Brasiliense, Laboratório de Análises Clínicas da Santa Casa de Araçatuba, Hospital Estadual de Bauru, UBS de Catanduva, UBS de Louveira, Hospital da UNAERP, Enfermagem da UNIFRADA, Hemocentro da FAMEMA, CRAB CECAP, Laboratório Regional/Consaude, Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto, Hospital Guilherme Álvaro, Hospital de Base - Hemocentro da FM de São José do Rio Preto, FMABC, Conjunto Hospitalar de Sorocaba, Hospital Universitário de Taubaté, Escola de Enfermagem de Tietê e UNIFEV.

Presídios

O Instituto atende também dentro do CDP de Pinheiros (III e IV). Ao todo já foram coletados material biológico de 14 presos.

Compartilhe esta notícia: